domingo, 5 de dezembro de 2010

FALTA DE ARREPENDIMENTO GERA INSENSIBILIDADE
Mt 21:28-32; Sl 119;70;Ef 4.19

Insensível: "Indiferente; sem sentimento."

INTRODUÇÃO
Como corpo de Cristo somos guiados pelo espírito Santo, segundo o cabeça da igreja o Senhor Jesus, a Ele devemos escutar Mt 17:5, pois quando obedecemos aos seus mandamentos provamos que o amamos.

Jesus é a videira nós somos os ramos Jo 15:1-7, Devemos estar ligados Nele, ou seja, nos seus mandamentos, Mas muitas vezes estamos indiferentes com o Senhor, não nos alegramos, não ouvimos mais sua voz, as orações parecem não ter efeito, o diabo rir das nossas determinações, e a vida vira uma derrota.

A Falta de Arrependimento Gera Insensibilidade


Temos desfrutado de uma boa comunhão com o Senhor?

Veremos alguns princípios tirados da parábola dos dois filhos, onde mostram à questão da obediência e do arrependimento, ambos estão ligados!(Mt 21:28-32).

Precisamos nos arrepender para não cair!

I.A OBDIÊNCIA REQUER:

1. Renuncia das nossas vontades. (V. 29,30)
Ele respondeu: Sim, senhor; mas não foi.
Chegando-se, então, ao segundo, falou-lhe de igual modo; respondeu-lhe este: Não quero; mas depois, arrependendo-se, foi.

A resposta do 1º filho foi sim, mas só da boca pra fora, já o 2º filho embora de inicio tenha a se recusado, se arrependeu e resolveu a obedecer, vemos aqui que o que decidiu a obediência foi a renuncia da própria vontade do filho a do Pai.
Como pais criamos nossos filhos damos a melhor educação instruímos nos caminhos do senhor para ter filhos obedientes e fieis, Aquele pai é um contraste com o nosso pai celeste, nosso Deus, Ele também espera nossa obediência diante de sua palavra e chamada para nossas vidas.

Em seguida dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz, e siga-me. ( Lc 9:23)

2. Arrependimento Genuíno. (V. 30).

Mas depois, arrependendo-se, foi... V.30

Sempre que o senhor nos pede algo pela palavra, sempre para nossa carne (vontade) será dificultosa, cansativa, pois a velha natureza milita contra o Espírito (Gl 5:17). Mas devemos obedecer (v.30). Depois do NÃO, o segundo filho arrependeu-se, e foi, fazer a vontade do pai, ele fez uma reflexão, talvez se lembrasse do trabalho que deu para seu pai o criar, do amor do Pai por ele, e da ingratidão que estava fazendo, isto trouxe a seu coração um pesar, e se arrependeu sinceramente.

Agora folgo, não porque fostes contristados, mas porque o fostes para o arrependimento; pois segundo Deus fostes contristados, para que por nós não sofrêsseis dano em coisa alguma.
Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, o qual não traz pesar; mas a tristeza do mundo opera a morte. (2co 7.9-10)

O verdadeiro filho de Deus, quando faz alguma coisa errada, por menor que seja, sente arrependimento pesar, gerado pelo Espírito santo, a nossa mente acusa, vem à convicção e o arrependimento, assim alcançamos o perdão tendo assim uma vida fiel e santa.

Há algo incrível que vejo neste filho é que ele venceu o Orgulho, não se importou com a vergonha de voltar atrás, muitas vezes cometemos erros com nossas esposas (os), filhos, amigos, falamos e agimos erradamente, e sabendo que estamos errados não queremos voltar atraso e pedir perdão, descendo do degrau do orgulho, da humilhação, sendo assim muitos preferem continuar indiferentes.

A obediência gera santidade mudança genuína!

II. FALTA DE MUDANÇA GERA:

1. Hipocrisia Religiosidade. (V. 29, Ez: 33.31-32; Rm 2.17-25).
Ele respondeu: Sim, senhor; mas não foi. Este filho não reluta e diz sim, embora suas atitudes dissessem não, este filho vivia de aparências, e não pratica o que dizia ou ouvia, para as pessoas parecia obediente e prestativo, mas no seu interior, suas obras manifestava seu verdadeiro caráter.

2. Adoração inútil.
(Hipócritas!). Bem profetizou Isaias a vosso respeito, dizendo:
Este povo honra-me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de mim.
Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homem. (Mt 15: 7-9).

A adoração consiste nos atos e atitudes que reverenciam e honram a majestade do grande Deus do céu e da terra. Sendo assim, a adoração concentra-se em Deus, e não no ser humano. No culto cristão, nós nos acercamos de Deus em gratidão por aquilo que Ele tem feito por nós em Cristo e através do Espírito Santo. A adoração requer o exercício da fé e o reconhecimento de que Ele é nosso Deus e Senhor.
Quando não exercitamos a pratica da obediência todas as demais praticas que demonstram uma devoção a Deus são anuladas, pois é mais importante obedecer do que sacrificar.

Eles dizem que conhecem a Deus, mas o que eles fazem mostra que isso não é verdade. Estão cheios de ódio, são rebeldes e não são capazes de fazer nenhuma coisa boa. (Tit 1:16).

Vemos isto claramente da vida do rei Saul.

Disse Samuel a Saul: Enviou-me o Senhor a ungir-te rei sobre o seu povo, sobre Israel; ouve, pois, agora as palavras do Senhor.
Assim diz o Senhor dos exércitos: Castigarei a Amaleque por aquilo que fez a Israel quando se lhe opôs no caminho, até subir ele do Egito.
Vai, pois, agora e fere a Amaleque, e o destrói totalmente com tudo o que tiver; não o poupes, porém matarás homens e mulheres, meninos e crianças de peito, bois e ovelhas, camelos e jumentos.
Depois Saul feriu os amalequitas desde Havilá até chegar a Sur, que está defronte do Egito.
E tomou vivo a Agague, rei dos amalequitas, porém a todo o povo destruiu ao fio da espada.
Mas Saul e o povo pouparam a Agague, como também ao melhor das ovelhas, dos bois, e dos animais engordados, e aos cordeiros, e a tudo o que era bom, e não os quiseram destruir totalmente; porém a tudo o que era vil e desprezível destruíram totalmente.
Então veio a palavra do Senhor a Samuel, dizendo:
Arrependo-me de haver posto a Saul como rei; porquanto deixou de me seguir, e não cumpriu as minhas palavras. Então Samuel se contristou, e clamou ao Senhor a noite toda. (Ism 15: 1-3; 7-11)

DEUS REQUER UMA OBDIENCIA TOTAL E NÃO PARCIAL
Saul não executou as ordens bem claras do Senhor, isto fez com que Ele fosse rejeitado como rei daí se desviou dos caminhos do Senhor.
Vemos claramente que esta, não foi a primeira vez que Saul errou, nos capítulos anteriores ele já havia desobedecido a Deus, ou seja, continuou e não se arrependeu. Deus é misericordioso e sempre pronto a perdoa (Ijo 1:9) mais a perseverança no erro traz consequências.


Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos. (Tg 2:10)



EXEMPLO DE DAVI
O reino foi passado para Davi, não porque ele era perfeito mais por que tinha um coração quebrantado, e arrependido, quando pecava, aceitava a correção e voltava a Deus com um coração arrependido obediente.


CONCLUSÃO
Se Deus pede, para nos arrependemos, se arrependa, se é para que oremos, vamos orar se pede para perdoa, perdoe, para evangelizar, pregar, faça com amor, O senhor quer receber uma adoração provinda de um coração Obediente e reto!

I. A OBDIÊNCIA REQUER:
1. Renuncia das nossas vontades
2. Arrependimento sincero.

II. FALTA DE MUDANÇA GERA:
1. Hipocrisia Religiosidade.
2. Adoração inútil.





por: Mascarenhas


Share:

Um comentário:

  1. GRAÇA E PAZ..
    OBRIGADO PELA VISITA E POR SEGUIR MEU BLOG..
    QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO SEU MINISTÉRIO..
    HERRERA
    cativosporcristo.blogpost.com

    ResponderExcluir

Recent Posts

Unordered List

Theme Support