quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

DECISÃO, poder que define o nosso futuro! - Mensagem de ano novo





DECISÃO, poder que define o nosso futuro!


Daniel, contudo, DECIDIU NÃO SE TORNAR IMPURO com a comida e com o vinho do rei, e pediu ao chefe dos oficiais permissão para se abster deles. (Dn 1:8).

Introdução.
Qual é a maior coisa a respeito do homem?
Não é a capacidade de pensar, nem de sentir e sim de DECIDIR!
A vida é feita de decisões, estamos constantemente tomando as.  O futuro de um país é determinado pelas decisões que as pessoas fazem nas urnas. Um casamento só acontece quando os dois decidem casar. Você hoje fez uma decisão de estar aqui no culto da virada.
Iremos analisar que toda decisão tem suas consequências, veremos que Deus nos deu este poder extraordinário, que é poder decidir para usarmos da forma correta e assim erma um presente e um futuro maravilhoso.

CONTEXTO E SÍMBOLOS.
Daniel, junto com seus amigos tinha sido levados cativos para babilônia.  Agora numa terra distante e paga. Ele deve fazer tudo para preservar os princípios cristãos inseridos na sua vida.
Aplicação: muitos se perguntam se servem a Deus porque que muitas vezes passam por lutas?
SÍMBOLOS.
1. BABILONIA: o sistema mudando
2. NABUCODONOSOR: Satanás, o príncipe deste mundo tenebroso3. OS MANJARES E O VINHO: o estilo de vida pagão, mudando e pecador, com suas falsas alegrias.
Aplicação: como Daniel, nós não somos daqui, estamos diante de um mundo que nos oferece pratos, de pecados e prazeres errados. PRECISAMOS DECIDIR NÃO SE CONTAMINAR.

I. O PODER DE UMA DECISÃO FIRME. (Dn 1.8).
RESOLVEU DANIEL, FIRMEMENTE, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se.

*Firmemente: hb: Ser interior, vontade, coração, inclinação, determinação.
Vemos aqui que a decisão firme de não se contaminar foi projetada no coração, ou seja, na sede da vontade e das emoções de Dani.
A firmeza começa no coração.  ““ Algumas versões dizem “...” A sentou no coração”.
Os judeus estavam proibidos de comer carne sacrifica a um Deus pagão.  (Ex 34.15).
A. Algumas verdades sobre a decisão:
    1. Sofre influência externa.
Daniel estava tomando uma decisão diferente dos amigos, isto implicaria, em atrito, discordância de ideias.
Existem decisões que você não pode ir pela maioria, e sim pelos princípios.
    2. É ditada pela circunstância, momento.
Daniel estava fora da sua pátria, preso, talvez um pouco frustrado, e ainda assim sua decisão poderia custa o cargo e até a vida do chefe dos eunucos.
A decisão para fazer a coisa certa muitas vezes precisa ser tomada em momentos difíceis.

II. TODA DECISÃO TEM SUAS CONSEGUENCIAS. (GN 4.14-16).
A decisão de Daniel teria repercussões, se ele tivesse tomado à atitude errada. Poderia ter ficado mais debilitado que os demais, e não comparecido, diante do rei, comprometendo os planos de Deus para ele, que seria ser governador.
TODA AÇÃO TEM UMA REAÇÃO- toda decisão tem uma consequência
Entendendo as consequências:
A. Decisão é poder dado aos homens.
B. Todo poder traz consigo, responsabilidade.
C. Toda responsabilidade traz recompensa ou punição.
O primeiro casal foram criados, santos e perfeito s, tinham o livre h arbítrio, porém escolheram errado, e o resultado foram às consequências                          1. Expulsos do paraíso.
2. A punição foi para serpente, mulher e o homem.
D. As congruências, das nossas decisões afetam nosso, futuro e família.
Neste ano de 2014, quais decisões erradas você tomou que te custaram e estão custando caro. Você está disposto a mudar de rota

III. DECISÕES CERTAS PARA UM FUTURO CERTO.
“Daniel decidiu manter a santidade”.
José decidiu não ser adúltero, nem guardar mágoa de seus irmãos.
A. Algumas decisões certas que devemos ter neste novo ano.
    1. Dedique-se mais ao senhor. (MT 6.33).
    2. Amar, zelar e cuidar mais das nossas famílias (2 Tem 5.8.
    3. Casar, viver um casamento que agrada a Deus.
    4. Ser um dizimista e ofertante fiel, para prosperarmos e tirarmos a infidelidade. (Mal 3.10, 2 CO 9.10).
    5. Vencermos algum vício, pecado, que tem te separado do Senhor. (2 Cro 7.14).
    6. Estar engajado na grande comissão.  (ganhando almas, fazendo parte de uma célula, contribuindo para o reino de Deus).

Conclusão.
A decisão é sua. Duas coisas acontecem quando você decide fazer a vontade d Deus.
1. Encontra oposição.
Daniel encontrou o questionamento do chefe dos eunucos, José enfrentou o asseio da mulher de potifa.
Jesus decidiu morrer por nós, enfrentou o desencorajamento de Pedro, mesmo na cruz, Satanás faia oposição para Ele descer da cruz, mas Ele decidiu ir até o fim.
2. Alcançará o favor de Deus, para sua vida.
Daniel alcançou o favor do chefe e do rei da Babilônia, mas isto só foi possível porque 1 ele por sua decisão de fidelidade alcançou o favor do rei dos reis. José por suas decisões saiu da prisão, foi governador do Egito e salvou sua família.  Jesus achou o favor do PI, e foi glorificado, acima de todo nome.
Todos tiveram um futuro de sucesso, não simplesmente, porque era a vontade de Deus, mas porque pagaram o preço de decidirem pelo certo.
Apelo:
Você fez a sua escolha? A escolha é sua.
Ninguém pode fazê-la por você. Deus o criou com livre-arbítrio, e Ele não vai forçá-lo a escolhê-Lo. Ele não forçou os anjos. Parte deles se rebelou, e Ele os deixou fazer o que quiseram fazer. Mas lembre-se:
Más escolhas trazem sua própria punição.
 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Recent Posts

Unordered List

Theme Support