O FIO ESCARLATE

A vida de Raabe, dependia do Sinal, o fio vermelho na janela. O fio de escarlate significa: O sangue de Jesus. Que foi derramado na cruz do calvário para nos salvar.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Mensagens

Teste
Share:

Os 7 orgulhos de Naamã.



Os 7 orgulhos de Naamã.
Texto: 2Reis 5.1-15
Introdução:
Todos na vida querem ser favorecidos, querem subir na vida, mas no reino de Deus é preciso descer para Deus te levantar e te exaltar.
(Tg 4:6)
Todavia, dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos; dá, porém, graça aos humildes.
(Tg 4:10)
Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.

Deus resisti ao orgulhoso, o orgulho foi o pecado de Lúcifer, onde foi responsável pela sua queda onde tornou-se Satanás, da mesma forma ele usa o mesmo argumento para derrubar os homens.
Nenhum orgulho sabe que tem orgulho

Antes de ser curado de sua lepra Naamã precisou descer Sete vezes ao Jordão.

Jordão: no Hebraico é Yarden, que significa aquele que desce.
Descer ao Jordão significa se humilhar, descer.
Vejamos 7 orgulhos de Naamã que precisaram ficar nas águas do Jordão.
I. O orgulho de confiar na própria capacidade. (2Rs 5.1)
Naamã se orgulhava de seus títulos, capacidades, suas medalhas, suas vitórias.
(Pv 3:5)
Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.

Podemos ter algumas vitorias que achamos que fomos nós, Mas na verdade sem sabermos o próprio Deus foi que as Deu.
2Reis 5.1.... porque por ele o Senhor dera livramento aos sírios; era homem valente, porém leproso.

Porém leproso, mostra que somos dependentes do Senhor para receber milagres.
(Dt 8:18)
Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquirires riquezas; a fim de confirmar o seu pacto, que jurou a teus pais, como hoje se vê.
Ilustração: Comandante do Navio.

II. O orgulho de ter que ouvir pessoas que estão em posições mais baixas. (2Rs 5.3)
Naamã precisou acatar os conselhos de uma serva que ele mesmo capturou.
A.   Precisamos de Conselhos para vencer.
(Pv 24:6)
Porque com conselhos prudentes tu podes fazer a guerra; e há vitória na multidão dos conselheiros.

B.   Ouça conselhos de pessoas que servem a Deus.
A serva de Naamã era uma Israelita que servia ao Deus verdadeiro
(Pv 12:5)
Os pensamentos do justo são retos; mas os conselhos do ímpio são falsos.

Ilustração: Sem querer roubou o ladrão (não faça julgamentos precipitados).

III. O orgulho de não querer ouvir a família. (2Rs 5.3)
Se tem alguém que Deus usa para nos levar a cumprir nosso destino é nossa família.
Quantos filhos já quebraram a cara, quantos homens e mulheres já foram destruídos, estão endividados, sofrendo, simplesmente pelo orgulho de não aceitar ouvir a família.
Naamã precisou ouvir sua esposa.
Pois ela conhecia sua real situação. Somente nossa família que convive conosco nos conhece, falhas e problemas.
(Cl 3:20)
Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais; porque isto é agradável ao Senhor.

Conclusão:
Antes de Naamã ser restaurado ele passou por um processo 7 mergulhos no rio Jordão, lugar de quebrantamento.
1.    Primeiro mergulho: Passou a confiar no Senhor e não nas suas próprias forças.
2.    Segundo mergulho: aceitou ouvir conselhos de pessoas que nem sempre pertence ao seu nível social.
3.    Terceiro Mergulho: venceu o orgulho de não aceitar ouvir familiares.

Ilustração: o cervo orgulhoso.


Share:
Share:

Recent Posts

Unordered List

Theme Support