terça-feira, 25 de novembro de 2008

Mensagens
Mascarenhas11:20:00 0 comentários









Reverendo Machado






Você tem dificuldade para vencer o pecado?



Todo cristão sabe que Deus nos escolheu e fez de nós “reis” e “sacerdotes”(Ap. 1.6). Quando pensamos em um rei, logo nos vem à mente alguém que tenha autoridade, que seja respeitado e que “reine”. Rei é sinônimo de autoridade, soberania. Mas não é esta a realidade muitos cristãos; parece que existem algumas áreas da vida em que a pessoa não consegue “reinar” nem ter domínio. Algumas tentações na carne, na mente ou mesmo em algumas situações que nos acontecem, que simplesmente parece que não temos nenhum controle ou domínio sobre elas. E a pergunta é: Você tem dificuldade para vencer as tentações? Tem dificuldade para dominar seus pensamentos? Existem pecados dos quais você está sempre pedindo perdão e voltando a praticá-los? Existem situações que lhe acontecem no trabalho, em casa, no casamento, no trânsito que te levam a perdem o controle? O que fazer?

A Bíblia nos conta sobre o primeiro rei de Israel: Saul. que apesar dele ser conhecido por seu fracasso, foi Deus que o escolheu. Quando Deus o chamou, Israel nunca tinha tido um rei, e foi necessário que ele passasse por uma experiência que mudaria sua vida e seus pensamentosa A partir dessa experiência, ele passou a pensar e se comportar de outra forma. Vamos ver abaixo três coisas que aconteceram e mudaram por completo a vida de Saul. Seria ideal que você estudasse os capítulos 10 e 11 de I Samuel.

a)      “O Espírito do Senhor se apossará de ti, e profetizarás com eles, e tu serás mudado em outro homem” I Sam 10.6 – Quando Samuel ungiu Saul como rei, ele disse que o Espírito do Senhor se apossaria dele, e ele seria transformado em outro homem – Se você buscar ser cheio do Espírito Santo, Ele tomará você completamente de forma que serás transformado em outra pessoa. Você se sentirá forte como um gigante e estará preparado para derrubar qualquer fortaleza do inimigo. Muitos crentes querem ter vitória no mundo espiritual, mas não estão buscando o fortalecimento com o Espírito Santo. A cabeça de Saul era de um homem comum, mas quando ele foi tomado pelo poder do Espírito, foi mudado em outro homem. A pessoa cheia do Espírito Santo terá sua mente transformada, sua visão mudada e passará a pensar como rei.

b)      “O Espírito de Deus se apossou dele, e ele profetizou no meio deles. Todos os que dantes o conheceram diziam uns aos outros: Que é isto que sucedeu à Saul?” I Samuel 10.10 e 11 – Quando Saul foi repleto do poder do Espírito Santo ele começou a fazer o que nunca tinha feito; ele profetizou com os profetas. As pessoas notaram a diferença. Não há ninguém que seja cheio do Espírito Santo que não passe por uma transformação radical!!! Busque ser cheio do poder do Espírito e comece a profetizar comece a ver as coisas no  mundo espiritual; seu jeito de falar vai mudar seu comportamento vai ser diferente e as pessoas vão ficar espantadas com você.

c)      "Depois que tudo isto aconteceu com Saul, ele voltou para sua casa. Já era rei, já tinha o poder do Espírito de Deus, mas não sabia ainda como usá-lo, pois Israel nunca tinha dito um rei. Um dia, Naás, moabita, se levantou contra um das tribos de Israel e tentou conquistá-la. Tal fato fez o povo ficar em pranto e chorar em altas vozes. Quando Saul ouviu o choro do povo, foi tomado de grande ira, e naquela hora o Espírito do Senhor se apossou dele, e ele convocou o povo e arrasou com os moabitas" – Se existe um pecado, uma tentação, uma falha no seu comportamento que está te humilhando como cristão; revolte-se contra isto agora mesmo, e use o poder do Espírito para vencer esta situação.

Desejo que você seja cheio do Espírito Santo e vença qualquer pensamento, tentação ou mal que tente atrapalhar seu sucesso como rei nesta vida.

Deus te abençoe.



Reverendo LEANDRO JOSÉ MACHADO é líder da Igreja da Graça em Portugal, casado com Luciana Dutra e pai de João Vitor Machado, reside em Lisboa desde setembro de 2004 onde desenvolve seu ministério em Portugal e outros países da Europa.







www.Ongrace.com/COLUNISTAS











nÃo deixe a palavra ficar infrutÍfera



mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas, e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera (marcos 4.19).
como há pessoas que se deixam enganar e tornam-se infrutíferas! ainda hoje, mesmo após aproximadamente dois mil anos, a advertência do senhor jesus não tem sido levada a sério, e, por isso, muitas pessoas perdem o melhor de deus. elas ficam encantadas com os enganos das riquezas e deixam-se encher com os cuidados deste mundo e da ambição. por isso, fica infrutífera a palavra que foi destinada para produzir nelas e por elas o que ela mesma anuncia.
preste atenção ao que se passa com aqueles que não conhecem o senhor jesus, os quais podem ser divididos nos seguintes grupos: o primeiro é composto por quem dá cuidados a este mundo; o segundo, por aqueles que se fascinam com as riquezas; o terceiro, pelos que se dão à ambição de conseguir poder, reconhecimento e outras realizações.
mesmo entre os servos do senhor, há aqueles que se apegam ao engano e sufocam a palavra, a qual se torna infrutífera. parece que nem todos aprenderam a lição. ainda que o ensinamento do mestre tenha sido transmitido há tanto tempo, existem pessoas que continuam cegas, lutando para ajuntar ou desfrutar mais, e, como resultado, perdem o melhor de deus.
os cuidados com as coisas deste mundo estão dominando muitos filhos do senhor. até parece que não aprenderam que não são do mundo e, portanto, não devem amar as coisas que, no mundo, existem (1 joão 2.15). as riquezas fascinam, e não são poucos os que se oferecem para serem servos de mamom. há irmãos nossos que são possuídos pela ambição de serem políticos, milionários, famosos. isso é laço do inimigo.
quando o senhor nos chamou para sermos membros da sua família, ele tinha um plano para nossa vida, o qual foi revelado na primeira vez que ouvimos o evangelho e continua revelando-se cada vez que damos ouvidos à palavra. a revelação nos é enviada com o propósito de que ela produza em nós a vontade divina.
somos responsáveis se a palavra ficar infrutífera. há quem diga que, se algo não aconteceu, foi porque o senhor não o quis, mas isso não é verdade. as atenções que damos às tentações impedem que o pai cumpra o que nos falou.
tire os tropeços que aparecerem em seu caminho, pois eles impedem a operação do senhor. deus quer realizar-se em nós, e não devemos permitir que coisa alguma impeça o pai de operar por nosso intermédio.
em cristo, com amor,
r. r. soares





segunda mensagem





Deus É o amparador dos desvalidos



porque o seu redentor é forte; ele pleiteará a sua causa contra ti (provérbio 23.11).
deus é justiça. ele cuida dos injustiçados e desamparados, e quem remove os marcos (pontos que delimitam uma propriedade) terá o senhor por adversário. os órfãos e as viúvas têm uma atenção especial dele (salmo 68.5), o qual é forte e garante que será advogado e vingador da causa dos oprimidos. por isso, lute para não estar onde ele poderia ser o seu opositor.
o que seria do mundo se o altíssimo não fosse o que ele é? o todo-poderoso é deus de amor, puro, santo e justo. seus olhos passam a cada instante por toda a terra (2 crônicas 16.9). ao ver as necessidades de uma pessoa, ele cria meios para que ela saia da opressão, e isso ocorre até com os perdidos, pois também são propriedade dele.
todos sabem que há uma justiça que não deixa escapar o transgressor. a consciência de qualquer um que age desonesta e fraudulentamente o acusa dia e noite. além disso, muitos, por não se arrependerem e não se acertarem com quem erraram, vivem um estresse tão grande e acusador, que pode causar vários problemas à própria saúde e ficar impedidos de desfrutar de uma vida plena.
o que for acordado jamais deverá ser mudado, a não ser por mútuo consentimento. usar de qualquer artifício para remover marcos fará com que a justiça divina entre como adversária de quem o faz. quantos enfrentaram juízes, obtiveram decisões favoráveis e, depois, não puderam usufruir daquilo que conquistaram?
aqueles que, por qualquer motivo, caíram na orfandade não são desamparados pelo verdadeiro juiz. ele os tem em especial atenção. quem tem juízo não prejudica órfãos e viúvas, porque deus é quem irá vingá-los. eles podem clamar ao senhor por intervenção em qualquer área, pois ele se declarou seu amparador.
o deus onipotente é advogado e vingador da causa dos oprimidos. ser opressor de qualquer pessoa não é boa coisa, pois a justiça divina operará em favor do desprotegido. agora, oprimir órfãos e viúvas é afrontar diretamente o pai, e ele não medirá esforços para ajudar e socorrer os que o têm como protetor (salmo 146.9). ele fará o necessário para defendê-los.
faça o possível para nunca se achar em posição desvantajosa na vida. seja alguém que ajude o necessitado e faça sempre o bem. jamais deixe o inimigo usá-lo para torcer o direito dos desvalidos nem queira ter o senhor como seu adversário. bom é tê-lo sempre como amigo e ajudador.
em cristo, com amor,
r. r. soares


terceira mensagem


os mandamentos trazem entendimento
pelos teus mandamentos, alcancei entendimento; pelo que aborreço todo falso caminho (salmo 119.104).
a maior bênção que conseguimos do senhor é ter seus mandamentos, e cumprir todos eles é uma grande dádiva. não há nada mais recompensador do que perdoar a quem nos ofendeu, amar os nossos inimigos, bendizer os que nos maldizem, fazer o bem a quem nos odeia e orar pelos que nos maltratam e perseguem. para quem não conhece o amor de deus fica difícil, mas para quem o ama é mais fácil.
toda revelação do senhor é um mandamento para nós. se o cumprirmos, alcançaremos o favor divino. porém, se o desprezarmos, não conseguiremos mais andar com ele. receber uma ordenança do pai é ser colocado no caminho para obter o entendimento de que precisamos para sermos vitoriosos em todos os sentidos.
uma das ordens de deus para nós, seu povo, é que perdoemos a quem nos ofende (marcos 11.25). ele não disse que isso deve ser feito somente quando a ofensa for pequena. a verdade é que, não importando o que nos tenham feito, perdoar traduz-se no ato mais recompensador que podemos experimentar.
a ordem do senhor é mais abrangente: temos de amar quem se tem colocado como nosso inimigo (mateus 5.44). se não amarmos tal pessoa, ela não terá a oportunidade de sair das trevas e ir para a luz. o altíssimo nos dá a graça de amar quem quer ver a nossa destruição, e, por sua vez, iremos vê-lo chegar aos pés de jesus e experimentar seu amor.
o mandamento declara também que temos de fazer o bem a quem nos odeia. para quem vive na carne e só quer aproveitar as bênçãos, essa ordenança é muito difícil de ser praticada. no entanto, para nós, servos de deus, é fácil cumpri-la. basta deixarmos que ele nos use.
o senhor me deu a oportunidade de escrever o livro intitulado presente – a dádiva que abençoa a quem o dá, no qual mostro quanto é recompensador enviarmos presentes (orarmos pelos que nos maltratam e perseguem).
quem guarda os mandamentos alcança sabedoria e, portanto, deve aborrecer os falsos caminhos, que leva a decisões contrárias à vontade divina. alguns têm até conotações científicas; e outros, apelos religiosos. todos eles, no entanto, por não estarem escritos na palavra, devem ser não somente desprezados, mas também aborrecidos.
em cristo, com amor,
r. r. soares



quarta mensagem



palavras boas
o meu coração ferve com palavras boas; falo do que tenho feito no tocante ao rei; a minha língua é a pena de um destro escritor (salmo 45.1).
podemos encher o nosso coração de palavras boas ou ruins; a opção é nossa. mas o enviado de deus deve falar somente a palavra do senhor. o segredo para enchermos o coração de boas declarações é dizer o que temos feito no tocante ao rei. que tipo de língua é a sua, de um destro ou de um desastrado escritor? o que proferirmos fará com que sejamos bem-sucedidos ou não.
temos a opção de fazer do nosso coração um paiol de palavras boas ou más. o que colocarmos dentro dele a nossa boca falará (lc 6.45). quem vive confessando derrotas e coisas negativas deve abrir os olhos, pois a sua vida será exatamente da maneira como é o seu discurso. falar de acordo com a revelação do senhor é o segredo do viver vitorioso.
todos aqueles que são do senhor devem falar de acordo com sua palavra, pois é assim que ele espera que façam os que lhe pertencem. se o meu prezado leitor estiver passando por uma fase difícil, não abra a boca para confessar a dificuldade. declare tão-somente o que o santo espírito tem colocado nas escrituras. as palavras têm peso, quer sejam boas ou más, e, invariavelmente, seremos o que a nossa boca proferir.
pouca gente já descobriu que, para o coração ficar cheio de declarações boas, é necessário testemunhar acerca do que tem feito no tocante ao rei. quem não fala do senhor para os perdidos e necessitados perde muito. ao anunciarmos o plano de deus para uma pessoa, somos enriquecidos de modo surpreendente, pois, verdadeiramente, é dando que se recebe. ao abrirmos a boca e contarmos o que temos feito no que diz respeito ao rei, tanto para alguém quanto para o próprio senhor, em oração, o nosso coração ferverá com boas palavras.
quem tem o coração cheio de preciosidades possui a língua de um destro escritor. quando falamos sobre o que temos feito no tocante ao rei, um fogo gostoso e purificador se acende em nós, para nos santificar e dar condições de repreender o inimigo.
nada acontece por acaso. quem deseja vencer as forças infernais precisa o mais rápido possível confessar o que o verbo divino lhe tem dado. se ainda não tem feito nada para o senhor, deve começar o quanto antes. decida-se a ser quem o senhor diz que você é. as boas palavras podem mudar a sua vida para melhor, agora, onde você está. com cristo, você é fortalecido para fazer a vontade divina.
nele, com amor,
r. r. soares

Categoria:
Sobre o autor Aqui você adiciona uma descrição do autor da pastagem. Para Trocar a foto do postador do blog procure o link da foto no HTML e adicione uma sua ok. Facebook ou Twitter

0 comentários

Postar um comentário