quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Arrependimento e Confissão

 Arrependimento e Confissão.

Texto: Juízes 10. 6-15; 11.32

Introdução: O Povo de Israel havia abandonado novamente o Senhor, e estavam adorando ídolo pagão, em levíticos Deus já tinha ordenado aos israelitas, para terem cuidado para que ao entrarem em Canaã, não imitasse as práticas pagãs daquele povo.

 (3) Não fareis segundo as obras da terra do Egito, em que habitastes; nem fareis segundo as obras da terra de Canaã, para a qual eu vos levo; nem andareis segundo os seus estatutos.
(4) Os meus preceitos observareis, e os meus estatutos guardareis, para andardes neles. Eu sou o Senhor vosso Deus.
Lev 18:3-4


Em quanto Josué e os anciãos estavam vivos ensinando e exortando  o povo os israelitas andaram na presença de Deus, mas logo após a morte de Josué, e os anciãos eles novamente deixaram o Senhor. Isto mostra que eles não tinham uma fé firme.
 (7) O povo serviu ao Senhor todos os dias de Josué, e todos os dias dos anciãos que sobreviveram a Josué e que tinham visto toda aquela grande obra do Senhor, a qual ele fizera a favor de Israel. Jzs 2:7.
 (18) Quando o Senhor lhes suscitava juízes, ele era com o juiz, e os livrava da mão dos seus inimigos todos os dias daquele juiz; porquanto o Senhor se compadecia deles em razão do seu gemido por causa dos que os oprimiam e afligiam.
(19) Mas depois da morte do juiz, reincidiam e se corrompiam mais do que seus pais, andando após outros deuses, servindo-os e adorando-os; não abandonavam nenhuma das suas práticas, nem a sua obstinação.
(20) Pelo que se acendeu contra Israel a ira do Senhor, e ele disse: Porquanto esta nação violou o meu pacto, que estabeleci com seus pais, não dando ouvidos à minha voz,
Jzs 2:18-20.

O Povo negligenciou o mandamento de amar somente ao Senhor de todo o coração, todas as forças e todo entendimento, ensinando aos seus filhos, a glorificar o Deus que os livrou do Egito.

    ABANDONANDO O SENHOR.
Israel deixara de cultuar o Senhor todo poderoso, para adorar falsos deuses, eles abandonaram o manancial para ir atrás de cisternas rotas.
  Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram o manancial de águas vivas, e cavaram para si cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas. Jer 2:13

O povo de Israel nunca seria feliz, satisfeitos sem o Senhor, pois suas cisternas eram rotas, ou seja, rachadas que não retém agua, Só Jesus é água da vida que nos dá o seu espirito que em nós cria uma fonte que jorra pra vida eterna.

    CAUSAS DO ABANDONO.
1.    Deixar de perseverar.
Quando o povo parou de ouvir os juízes começaram a olhar para os costumes pagãos, daí cometeu idolatria e todo tipo de pecado.

Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu, mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer. Tgo 1:25

2.    Frieza Espiritual.
A frieza geralmente demanda um processo, onde começa pela rebeldia e o desinteresse, os desejos pecaminosos começam a ser cultivados no coração, quando menos se espera o filho pródigo diz, me dá o que é meu que eu vou aproveitar o que o mundo tem.

Em quanto se estar frio, pode esquentar, pois o frio na fé mesmo sem obedecer direito, sem orar direito, sem buscar intensamente continua ali, o perigo da frieza é quando ela nunca esquenta e se torna mornidão espiritual, insensível a voz do Espirito Santo.
Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. Apo 3:16

    CONSEGUÊNCIAS DO ABANDONO.

I.    Entregues nas mãos do inimigo.

Os israelitas passaram a ser humilhados e oprimidos, o Filho prodigo após sair da casa do Pai passou a ser humilhado e oprimido, Sansão devido brincar com sua santidade e chamado foi humilhado e oprimido pelos filisteus.


O CONVITE DO SENHOR.

Em Mateus 11.28, Jesus faz um convite... Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Embora este convite seja para os ímpios, separados do Senhor, serve também para aqueles que mesmo conhecendo o Senhor se afastaram e o abandonaram mesmo aqueles que estão dentro da igreja  mas longe de Deus, pois Deus nos escolheu desde o ventre de nossa mãe para o adorarmos.

O CAMINHO DE VOLTA.

1.    Confissão. Jzs 10.10-11 / 1jo 1.9.
Ao chegarem ao patamar da angustia e opressão, chamaram ao senhor confessando seus pecados, pelo nome eles disseram... deixamos o nosso Deus e servimos aos baalins,  (Idolatria) é preciso falar sinceramente o erro e não esconder.

O salmista Davi compreendeu bem isto, pois após seu pecado com Batsebá, fez esta oração de arrependimento e confissão.

 (3) Enquanto guardei silêncio, consumiram-se os meus ossos pelo meu bramido durante o dia todo.
(4) Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio.
(5) Confessei-te o meu pecado, e a minha iniquidade não encobri. Disse eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a culpa do meu pecado.
Slm 32:3-5


2.    Arrependimento genuíno. Jzs 10.15-16


DEUS perdoou os filhos de Israel quando viu arrependimento genuíno que foi manifesto ao despojarem-se de seus deuses estranhos e cultuarem o Senhor,
Aí sim Deus não pode mais suportar o sofrimento de Deus filhos.

O ARREPENDIMENTO VERDADEIRO É SEGUIDO DE MUDANÇAS.

O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. Prv 28:13


O CORAÇÃO DE DEUS.
Versículo 16b do capitulo 10 de juízes diz. E ele não pôde mais suportar o sofrimento de Israel.

O Senhor não resiste a um coração quebrantado e contrito, Ele vem socorre, perdoa, liberta e dar vitórias.

Vemos isto na parábola do filho, pródigo, quando o filho se arrepende e volta de longe o pai corre ao seu encontro este é o Sentimento de Deus, para aqueles que o abandonaram, mas confessam seus erros e se arrependem de verdade, O Senhor estar de braços abertos,

TEMPO DE VITORIAS. Jzs 11.32

Após este processo de mudança de vida e volta pra Deus, o Senhor deu vitória a Israel por meio de JEFTÉ.





Compartilhar:
Anterior Proxima Inicio
Scroll To Top