A DISCIPLINA PESSOAL NA VIDA CRISTÃ.


Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado (1Co 9:27).

INTRODUÇÃO: A disciplina é algo fundamental em todas as áreas das nossas vidas, quando somos disciplinados em nossa vida, tudo passa a ter alvos definidos e com certeza sucesso.
O apóstolo Paulo nos dar a receita, inspirado pelo espirito Santo de como disciplinarmos nosso próprio corpo, ou seja, nossos desejos e apetites que ainda habita em nós.

Quando Paulo fala sobre esmurrar, espancar o proprio corpo ele não esta literalmente se referindo a se autoespancar, não, esmurrar o proprio corpo fala de subjugar a os desejos da carne, do corpo, e disciplinar nossas vidas a obediência ao Senhor.

Paulo fala sobre a carreira cristã, a recompensa dos justos a coroa da justiça.
se na vida secular precisa-se de esforço, renuncia e disciplina , para chegar ao alvo desejado, imagine na carreira da vida cristã.

Dedique à disciplina o seu coração, e os seus ouvidos às palavras que dão conhecimento. (Prv 23:12).

O apostolo reconhecia a importância de lutar sem desistir. Ele comparava a vida cristã com uma luta a ser travada, luta esta, contra o mundo, satanás e o nosso próprio eu.
Nesta luta diaria contra os inimigos de nossa fé, precisamos exercitar nossa disciplina espiritual!

A DISCIPLINA ESPIRITUAL ENVOVLE:
1º. Negar a si mesmo. (Mt 11.24).
Os verdadeiros seguidores de cristo, mortificam os desejos da carne, e os subjugam a obediencia da palavra de Deus, não faz a vontade propria, mas sim a do Senhor.

2º andar no Espirito (gal 5:16).
Andar no espirito é ouvir a Deus, através de uma vida de santidade, oração , temor e ser sensivel a sua palavra.

3º Confiar na vitória que cristo nos dá. (Rm 7:12-25)
por mais que lutemos e nos esforcemos para viver uma vida íntegra e santa, nunca devemos nos esquecer, não é nossa capacidade, intelecto e sim Jesus que nos dá a vitoria, pois sem Ele nada podemos. A vida crista sem Vida genuina com Cristo se torna legalismo.




por: Cristiano Mascarenhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages